quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Cortejo

Tendo estado
toda uma tarde
ouvindo
um tempo branco
sentindo dedos de água
descidos da noite.
Figuras
surgem paralelas
como saídas agora
da cal da parede.
Ali onde a sombra joga
na brisa de outra água.
De perto,
a superfície do muro
pára:
distração.


Vera Pedrosa

Um comentário:

  1. Distração legal... Qualquer dia tento também uma dessas :D

    Bjim

    ResponderExcluir