segunda-feira, 11 de maio de 2009


Pedaços de Mim

Eu sou feito de
Sonhos interrompidos
detalhes despercebidos
amores mal resolvidos

Sou feito de
Choros sem ter razão
pessoas no coração
atos por impulsão

Sinto falta de
Lugares que não conheci
experiências que não vivi
momentos que já esqueci

Eu sou
Amor e carinho constante
distraída até o bastante
não paro por instante


Tive noites mal dormidas
perdi pessoas muito queridas
cumpri coisas não-prometidas

Muitas vezes eu
Desisti sem mesmo tentar
pensei em fugir,para não enfrentar
sorri para não chorar

Eu sinto pelas
Coisas que não mudei
amizades que não cultivei
aqueles que eu julguei
coisas que eu falei

Tenho saudade
De pessoas que fui conhecendo
lembranças que fui esquecendo
amigos que acabei perdendo
Mas continuo vivendo e aprendendo.
Martha Medeiro

14 comentários:

  1. Passando para desejar uma otima semana..
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Feia, eu tb me sinto assim de vez em quando, adorei esse poema que vc escolheu, eu viajei nele.

    ResponderExcluir
  3. Ah querendo ou não, na nossa vida há perdas e ganhos...
    saudades e vontades,
    arrependimentos e satisfações
    o que resta é continuar vivendo pra ver no que dá no final
    shuashasahusa
    Saudades a milllll
    BJããoo♥

    ResponderExcluir
  4. Feiaa vc ta sumida hein moça...
    Some naum =P

    Bjokas =*

    Kariny

    ResponderExcluir
  5. Essa é a humanidade de cada um de nós,
    carregamos nossas incoerências,
    e nos encontramos nesses mares de
    incertezas nadando muitas vezes
    contra a maré... mas não estamos sós!

    Essa é a boa notícia!


    beijo Dudis^^

    ResponderExcluir
  6. Querida amiga!

    Fechei meu blog mas meu coração continua aberto para os amigos queridos!!

    Deixo o meu email, se precisar de alguma coisa é só me escrever!

    Com o mesmo carinho de sempre!!


    true.esther@hotmail.com


    Fique com Deus e se cuide direitinho, meu anjo!


    Bjs!!

    ResponderExcluir
  7. me manda seu email de novo....

    ResponderExcluir
  8. Feia , passei para te deixar um mini-conto de fadas.

    "Um Conto Da Fada Verde"

    Era uma vez um menino que nasceu feio. Não era um patinho e não se tornaria um cisne, era apenas um menino muito feio.
    O menino feio foi crescendo como qualquer outro menino, e muitos outros meninos, tão feios quanto ele, também faziam parte de sua vida.
    Quase ninguém era bonito. Em quase todos os lugares que eram freqüentados pelo menino feio, sua feiúra parecia ser algo que se estendia a quase todas as pessoas do mundo: pessoas feias, lugares feios, cassas feias, escolas feias, prédios, fábricas, escritórios e lojas simplesmente horríveis.
    O menino feio cresceu e tornou-se um homem feio, com um emprego medíocre, numa repartição pública feia, em um prédio feio, de um bairro feio, numa cidade feia.
    Em um dia escuro e feio, o homem feio foi para seu trabalho, na feia repartição pública, e sofreu um acidente feio, tendo uma morte horrivelmente feia, atropelado por um caminhão feio, numa rua suja e feia da feia cidade.
    Este é um conto de fadas feio, contado pela fada mais feia que há, a Fada Verde, moradora do feio e amargo espírito verde do Absinto.
    A vida das pessoas, e as próprias pessoas podem não ter qualquer beleza, mas o belo pode ser visto ainda que na feia aparência de uma pessoa qualquer, com uma vida comum, basta se dar o devido tratamento embelezador às coisas feias.

    Surgiu de uma brincadeira feia, mas não pude deixar de pensar em vc, bjs!

    ResponderExcluir
  9. Vivendo e aprendendo...

    Bom final de semana!

    ResponderExcluir
  10. Ah, quem dera a vida pudesse parar para descanso. Mas não é assim. Ela não para!
    BJUL

    mais um pouquinho a saudade me corrompe =/

    ResponderExcluir
  11. Esse da Marta, eu não gosto muito do início dele.
    Mas me faz pensar emum bocado de coisa e é finalizado de uma forma ótima.

    Boa quarta. (:

    ResponderExcluir
  12. Chique é a Marta, não, Feia? Adorei o blog. bjos

    ResponderExcluir
  13. AH ow ... assim vcs me matam. Tu e a Esther!!!
    As duas somem do mapa! To quase me tacando do prédio aqui! BAhhhh, num faz isso! Aparece vai. Não some.

    ResponderExcluir